Concurso Prefeitura de Taboão da Serra - SP: 200 Vagas!

Concurso Prefeitura de Taboão da Serra - SP tem edital publicado. Em disputa estão 200 vagas para profissionais de todos os níveis de escolaridade.



A Prefeitura de Taboão da Serra, no estado de São Paulo, publicou o edital nº 07/2018 referente ao seu concurso público que irá preencher 200 vagas para profissionais de todos os níveis de escolaridade. O concurso Prefeitura de Taboão da Serra - SP será realizado pelo Instituto Zambini.



Vagas


  • Cargos de nível fundamental: Ajudante Geral, Auxiliar de Legista, Cozinheiro, Encanador, Marceneiro, Motorista (com CNH D), Pedreiro, Pintor de Paredes, Porteiro e Serralheiro;

  • Cargos de nível médio e técnico: Agente de Trânsito, Assistente Administrativo, Instrutor de Atividades Culturais e Educativas (Dança Contemporânea, Instrumentos de Percussão e Artes Visuais) e Técnico de Enfermagem;

  • Cargos de nível superior: Fiscal de Rendas Municipais, Professor de Artes, Professor de Inglês e Terapeuta Ocupacional. Das 200 vagas em aberto, 17 delas estão reservadas para candidatos portadores de necessidades especiais (PNE).


A remuneração chega a R$ 1.139,00 para os cargos de nível fundamental, a R$ 1.500,00 para os cargos de nível médio e técnico e a R$ 2.500,00 para os cargos de nível superior. A jornada de trabalho chega a 40 horas semanais.


Inscrições

As inscrições já estão abertas e poderão ser realizadas até o dia 15 de janeiro de 2019, apenas via internet, através do endereço eletrônico www.zambini.org.br.


O valor da taxa de inscrição será de:


R$ 32,90 para os cargos de nível fundamental;R$ 74,90 para os cargos de nível médio e técnico;R$ 90,00 para os cargos de Professor;R$ 98,50 para os demais cargos de nível superior.


Poderão solicitar a isenção da taxa de inscrição os candidatos que estiverem inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) e que forem membros de família de baixa renda, de acordo com a legislação vigente.


Provas


O concurso Prefeitura de Taboão da Serra - SP será composto por prova objetiva para todos os cargos e por prova prática para os cargos de Agente de Trânsito, Ajudante Geral, Cozinheiro, Encanador, Instrutor de Atividades Culturais e Educativas, Marceneiro, Motorista, Pedreiro, Pintor de Paredes e Serralheiro. A prova objetiva será realizada na data provável de 10 de fevereiro de 2019.


A prova objetiva valerá 20 ou 40 pontos e será composta por 20, 30 ou 40 questões, de acordo com o cargo em disputa. Esta prova poderá envolver conteúdos de Língua Portuguesa, Matemática / Raciocínio Lógico, Conhecimentos Básicos Didáticos, Conhecimentos Gerais em Educação e/ou Conhecimentos Específicos.


O tempo total para realização da prova objetiva será de duas horas e serão aprovados os candidatos que obtiverem nota mínima de 30% sobre a nota total desta prova.


A prova prática terá caráter eliminatório e serão convocados para esta etapa apenas os candidatos aprovados na prova objetiva até 20 vezes o número de vagas para cada cargo.


Critérios de desempate


Na hipótese de igualdade de pontos entre dois ou mais candidatos, terá preferência, sucessivamente, o candidato que:


Tiver a idade mais elevada entre os candidatos com idade igual ou superior a 60 anos, conforme o Estatuto do Idoso;

  • Obtiver a maior pontuação na prova prática, quando houver;

  • Obtiver a maior pontuação em Conhecimentos Específicos, quando houver;

  • Obtiver a maior pontuação em Língua Portuguesa;

  • Obtiver maior pontuação em Matemática/Raciocínio Lógico;Tiver a maior idade.


Validade


O concurso Prefeitura de Taboão da Serra - SP tem prazo de validade de dois anos, contado da data de homologação dos resultados, podendo ser prorrogado por mais dois anos, a critério da Prefeitura.


Edital


Dicas de Português para as provas de Taboão: sinonímia, paronímia, antonímia, polissemia e outros temas


As provas vão cobrar questões que envolvem conhecimentos de Semântica.

Trata-se de uma "parte da gramática" que estuda os significados das palavras, expressões, termos. Está ligada diretamente ao sentido conotativo, nos contextos diferentes e em interpretações diversas.


Obviamente, por assim dizer, a Semântica está intrinsecamente relacionada com a Sintaxe, que é a "gramática" do texto em si. Afinal, se houver uma mudança de conectivos, verbos e expressões, o sentido também mudará.


Para estudar a Semântica, é necessário interpretar o texto e dominar a sua significação ampla e específica, ou seja, saber o que o texto "quer dizer com aquela construção".


É a Semântica que permite maior comunicação, logo, maior abrangência. Os conceitos, digamos, mais populares vinculados à Semântica, na prática, são os seguintes:


Sinônimos e antônimos


A dupla "sinônimo e antônimo" é Semântica pura! O sinônimo (daí vem o fenômeno da "sinonímia") é utilizado para expressar o mesmo sentido com palavras diferentes.


Mas pode acontecer também que a palavra escolhida não "queria" dizer exatamente a mesma "coisa", uma vez que há palavras específicas para descrever determinada "coisa". Porém, o sentido chega a ser muito perto, muito parecido, dando, portanto, a interpretação correta. Por exemplo, o verbo “criar” e “produzir” podem ser considerados sinônimos. "Almejar" e "desejar" também.


Já o processo de antonímia é justamente o contrário!  Antônimas são duas palavras que apresentam significados totalmente opostos. Na prática, pode-se dizer que é mais fácil observar os antônimos, já que as ideias que se contradizem parecem ficar mais óbvias na cabeça das pessoas (ou não?). Os advérbios “bem” e “mal” são antônimos.

As palavras “vivo” e “morto” também. Dependerá muito do contexto - como, aliás, praticamente tudo na Língua Portuguesa!


Homônimos, Parônimos e Polissemia


Dizemos que são Homônimas aquelas palavras que podem apresentar muita semelhança entre a escrita e a sonoridade, e ainda possuirem significados diferentes. Há diversos casos de homonímia, como estes:


  • Palavras homógrafas: a escrita é igual, mas a pronúncia é diferente. O substantivo “almoço” é pronunciado diferentemente do verbo “almoço”. Já a fruta “manga” tem a mesma pronúncia da palavra “manga”, denominando a peça do vestuário.

  • Palavras homófonas: já nessas palavras, é a pronúncia que é igual, mas a escrita é diferente. Por exemplo: “ascender”, “acender”, “sinto”, “cinto”.

  • Palavras perfeitas: são aquelas que possuem tanto grafia quanto pronúncia iguais. O verbo “ceder”, no presente fica “cedo” e o substantivo “cedo” também é igual.

  • Palavras paronímias: a pronúncia das palavras pode ser muito parecida, mas a grafia se difere. Como em “descriminar” e “discriminar”.


Polissemia também está relacionada com os homônimos. A polissemia ocorre quando uma palavra pode até ter uma grafia "fixa", mas o seu significado é completamente diferente. 

0 visualização0 comentário
preparatório_enem_2020_II.jpg
supletivo acelerado online ou presencial
Preparatório_para_concursos_Online_prep
bolsa_de_estudo_Faculdade_Estácio_ead.j

Para Candidatos

Para Empresas

Funcionamento

Seg a Sex: 09:00 - 16:00

Fale Conosco

Rua Coronel, 268, Centro

Santo André/SP

Tel: (11) 2669-0060

Whatsapp: (11) 96449-6589

contato@i9empregos.com.br

© i9 Empregos. Desenvolvido por Donnys Consultoria